2362

Prefeitura Municipal de Piatã

Pular para o conteúdo

Piatã - A Jóia da Chapada

Fonte: Diretoria de Turismo
02/05/2019 às 09h19

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


No seu corpo e geografia, Piatã – a cidade mais alta do Norte, Nordeste e Centro-Oeste brasileiros – tem o frescor temperado que estimula as longas caminhadas, as trilhas de mountain biking e, no fim do dia, o repouso sem os incômodos do calor e do burburinho das grandes cidades.

Situada num planalto entre as serras de Santana e do Tromba, é cercada de verde, pontilhado dos inúmeros tons das grandes rosas que ali florescem, dos ipês amarelos e roxos e da alvura da flor dos cafezais, penetrada dos seus doces perfumes. O encantamento é complementado pela paisagem que emoldura belas cachoeiras de águas puríssimas, propícias para o banho reconfortante. Ali ao lado, está o ponto culminante do Nordeste, o imponente pico do Barbado; do outro lado, nesta Terra do Café, a nascente do rio das Contas, que corta a Bahia e despeja suas águas no Atlântico, na Costa do Cacau.

Rico em aromas que incluem o chocolate, a canela e outras essências, os cafés especiais de Piatã recebem prêmios todos os anos e já são reconhecidos pelos baristas de todo o mundo pela sua qualidade superior. No hemisfério norte, do ocidente ao oriente, milhões se deliciam dos grãos exportados daqui. O ar puríssimo, o clima, a altitude e a abundância em água favorecem a produção do café e já se anuncia grande êxito na fruticultura.

Se tanta riqueza compõe o seu corpo e encanta o dos visitantes, o encantamento se estende pelas emoções aqui despertadas e pela alma do município e de sua população, extremamente acolhedora. Com exemplares da arquitetura do século XVII e praças floridas, Piatã exibe, altaneira, sua alma também rica das histórias de jagunços e heróis, dos primeiros bandeirantes que chegaram, em busca do ouro e dos diamantes que ainda permanecem a enriquecer seu subsolo, porém, ainda mais, talvez pela proximidade do céu, a fé de seu povo é uma marca registrada.

Cidade de pequeno porte, Piatã está presente no imaginário e no mercado turístico como a cidade de melhor clima da Bahia; a que tem o São João do mais autêntico pé-de-serra e das quadrilhas; terra claramente vocacionada para os turismos ecológico e dos esportes de aventuras, assim como aquele voltado para os negócios de café e de visitas às fazendas produtoras e seus sistemas próprios de beneficiamento. Hoje, já se vê, a caminhar por suas ruas, grupos de japoneses, norte-americanos, coreanos, ingleses e sulistas atraídos pela oportunidade de conhecer de onde vem a deliciosa bebida.

Portanto, se o leitor é verdadeiramente amante da natureza, respeitador do ambiente; praticante de trekking, mountain biking, canyoning, alpinismo, rapel, de outros esportes outdoor; ou explorador de pinturas rupestres, pode vir. Se aprecia degustar um bom cafezinho, subir a serra de Santana rumo à capela do Senhor do Bonfim; e complementa seu bem-estar com meditações ao ar livre e caminhadas em labirinto, seu lugar é aqui: Piatã, a jóia da Chapada.